Paranaguá registra recorde na descarga de vagões no mês de julho

O Porto de Paranaguá, no Paraná, registrou em julho número recorde de vagões descarregados com carga geral e granéis sólidos para exportação (grãos, farelo e açúcar). Foram 18.776 vagões, 333 a mais que a marca anterior, de maio de 2018. Em média, nos 31 dias, foram 605 vagões com cargas gerais e 492 vagões/dia descarregando os granéis. “Somando os dois tipos de carga, foram 1.052.858 toneladas de produtos que chegaram pelos trilhos ao Porto de Paranaguá”, informou a administração do porto. Apenas os vagões graneleiros descarregaram 925.354 toneladas de soja, milho, farelo e açúcar, 32.500 toneladas a mais que o recorde anterior, de maio de 2018.

Os portos do Paraná também registram o melhor mês de julho da história na movimentação de grãos pelo Corredor de Exportação. “Nos últimos 31 dias, foram quase 2,2 milhões de toneladas de milho, soja e farelo embarcados pelos três berços do complexo. A marca anterior era de julho de 2017, com pouco mais de 1,8 milhão de toneladas.” No pátio de triagem, onde os caminhões aguardam a descarga nos terminais e armazéns, foram 50,9 mil veículos registrados no mês. O número é 6% maior que o recorde anterior, de 48,4 mil caminhões.

Conforme o porto, as exportações de soja representaram 45% das movimentações do Corredor de Exportação em julho. Foram quase 981,6 mil toneladas embarcadas. O milho respondeu por 41% dos carregamentos dos navios, somando 893,9 mil toneladas. Além dos grãos, o Porto de Paranaguá movimentou mais de 320,8 mil toneladas de farelo, ou 15% das exportações no mês.

Fonte: IstoÉ Dinheiro

Compartilhe nas Redes Sociais:

©2019 | AmstedMaxion Criando Caminhos | Todos os direitos reservados